R24R - REAL 24 HOURS RECOVERY

Implante de próteses de silicone com recuperação rápida em 24 horas.

Uma Técnica Rápida de Recuperação da Mamoplastia

A busca por cirurgias plásticas é crescente no Brasil. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, quando se compara os números de 2016 em relação aos de 2014, é possível ver um crescimento das intervenções reconstrutoras e estéticas de 23% e 8%, respectivamente. Já a busca por tratamentos como a aplicação do botox (toxina botulínica) e preenchimentos em geral, cresceu 390% em dois anos, representando 47,5% dos procedimentos, quando em 2014 era de 17,4%.

Junto a isso é cada vez mais comum o desenvolvimento de novas técnicas cirúrgicas, que levem segurança aos pacientes no pré e pós-operatório, além da realização de procedimentos mais rápidos e menos invasivos. A exemplo é a chamada R24R, sigla para Real Recuperação Rápida em 24 Horas, preconizada pelo Dr. Thiago Cavalcanti em Balneário Camboriú-SC, uma aprimoração direta da 24 Hour Recovery do Dr. John Tebbetts (Dallas, TX), que como o nome sugere, possibilita uma rápida recuperação às mulheres que se submetem ao implante de próteses de silicone.

1280x960-2.jpg

Como Era Antigamente?

Apesar de hoje apresentar vários benefícios, como falaremos adiante, a cirurgia com prótese abaixo do músculo, apresentava um sério problema: uma recuperação muito lenta e dolorosa, sendo um verdadeiro filme de terror para as pacientes. Talvez por esse motivo, durante muito tempo, as cirurgias acima do músculo foram a preferência de muitos cirurgiões plásticos.

Como Funciona Agora?

O método possibilita, entre outras coisas, que a paciente seja operada de manhã e liberada para ir para casa à noite, podendo jantar com a família.

Para obter esses resultados a anestesia é utilizada de forma diferenciada, para que a paciente não acorde com dores, podendo ser liberada poucas horas após o procedimento.

 

Outro diferencial é que, a partir do dia seguinte ao procedimento já é possível voltar a movimentar os braços. Mas embora seja possível diminuir o tempo de repouso dos braços, ainda há um pequeno desconforto comum causado por uma cirurgia do tipo.

A opção pela técnica de recuperação rápida para implante de próteses de silicone é definida antes da cirurgia, quando o médico avalia a paciente de acordo com suas condições de saúde e qualidade de vida, e então define se o método é indicado.

Antes da Cirurgia

Um olhar positivo

Você precisa passar pelo processo de Educação da Paciente, para que possa compreender os processos cirúrgicos e o benefício de uma rápida recuperação, bem como orientações exclusivas e estritas para o pós-operatório imediato que devem ser seguidas para a sua recuperação rápida. Confiança é um fator importante! (Desejamos que você fique animada com o resultado e com a experiência que vai ter, e não preocupada achando que vai sentir muita dor ou que a técnica é muito boa para ser verdade! A ideia é fazer você ter plena certeza de que tudo é científico, provado e realmente possibilita que você possa voltar a sua vida normal o mais rápido possível. 

 

O tamanho da prótese

O tamanho deve ser calculado através do uso de medidas do tórax e dos tecidos mamários, isso é fundamental para garantir um resultado estável no longo prazo.

Durante a Cirurgia

Uso da técnica dual plane sem trauma

Para atingir esse grau de recuperação precisamos mais que atitude. A técnica utilizada pela nossa equipe é chamada de Hemostasia Prospectiva: os vasos sanguíneos são identificados antes que o sangramento aconteça. Isso proporciona mínimo traumatismo aos tecidos.

É uma técnica meticulosa, que evita trauma à mama e, por isso mesmo, reduz a dor associada. Entenda, quando o trauma é minimizado, a recuperação é melhor. E sabemos que a recuperação é um dos indicadores de qualidade de um procedimento.

O uso de materiais e técnicas cirúrgicas específicas, permitem maior controle e proporcionam uma cirurgia mais precisa, reduzindo o trauma e sangramento. É exatamente esse trauma e sangramento, que evitamos na técnica R24R, que costuma causar mais dor e inflamação, e que atrapalham a recuperação e aumentam o risco de problemas tais como seroma, hematoma e a contratura capsular. Então é melhor prevenir!

Depois da Cirurgia

Atividades que devem ser realizadas. Redução da quantidade de medicação recebida pelo paciente. Esta fase envolve o manejo do pós-operatório. Uma preocupação é a redução da quantidade de medicação recebida pelo paciente. Não são feitas medicações narcóticas (como Tramal, Tylex ou morfina) para dor, pois elas dão sono. E logo após, quando o paciente tenta acordar e se mexer, se sente muito inchada e, normalmente, é necessário mais medicações.

Não desejamos que você caia nessa armadilha. Apenas anti-inflamatório é o suficiente para debelar a pequena quantidade de dor e inchaço que podem aparecer no pós-operatório.

Recomendamos que nossas pacientes iniciem uma quantidade de movimentos torácicos e dos braços ainda no hospital. Estes movimentos reduzirão os efeitos colaterais de medicações mais fortes (coceira, náusea e constipação) e relaxar a musculatura. Normalmente a paciente refere apenas que sente uma pressão ou algo parecido com a sensação de ter malhado muito. Fazemos este protocolo em todas as pacientes, possibilitando o retorno a rotina no dia seguinte à cirurgia.

O banho já está liberado no dia do procedimento, bem como sair de casa na mesma noite, dirigir e retornar ao trabalho nos dias seguintes. Liberamos nossas pacientes 24 horas após o procedimento, para pegar até 15 kg, um bebê, por exemplo. Desse modo as mamães não precisam perder o contato com seu filho pequeno ou ficar se explicando para um mais crescidinho, que passou por cirurgia.

 

Importante: A técnica não se aplica à troca de prótese ou mastopexia.